10 Dicas para Viajar com Crianças

Ana Margarida
10 Dicas para Viajar com Crianças

Vamos ser sinceras, viajar com crianças pode ser comparado a planear uma operação militar: exige estratégia, provisões e uma paciência de santa. E quem diz o contrário provavelmente nunca se viu numa fila de aeroporto com uma criança a fazer uma birra monumental porque o seu peluche favorito parece mais suspeito no scanner de segurança do que um frasco de shampoo. Mas prometo que vou tentar tornar essa odisseia um pouco mais navegável.

Até porque, a ideia de viajar com os mais pequenos pode tanto encher-te de entusiasmo como drenar toda a tua energia vital, especialmente quando começas a empacotar metade da casa só para garantir que não falta nada. Sim, porque a mala de uma criança para um simples fim de semana parece a bagagem necessária para uma expedição ao Everest.

Por isso, antes que comeces a questionar se realmente precisas de levar a banheira portátil e todo o enxoval do bebé, relaxa. Reuni algumas dicas práticas para te ajudar a manter a calma e a colecionar momentos felizes, em vez de cabelos brancos. Quem sabe, talvez até consigas ler um capítulo do teu livro na praia. Sim, aquele que está na tua mesa-de-cabeceira desde o verão passado.

10 Dicas para Viajar com Crianças:

Planeamento da viagem

Planear uma viagem quando se tem crianças significa escolher a rota com os melhores locais para fazer as paragens, isto se optarem por uma viagem de carro. É essencial selecionar estradas que ofereçam áreas de serviço com espaços verdes, parques e instalações sanitárias adequadas. Imagina que estás a viajar pelo interior e encontras uma vila pitoresca com um parque perfeito para um piquenique. Além de esticarem as pernas, as crianças podem explorar e gastar energia, tornando a próxima etapa da viagem mais tranquila. Certifica-te de verificar a segurança dos locais e planeia paragens regulares, a cada duas horas, para manter todos felizes e saudáveis durante a viagem.

Se estiveres a planejar voos com crianças, dá preferência a voos que coincidam com o horário de dormir dos mais novos para ajudar a garantir que durmam durante a maior parte do trajeto, tornando a viagem menos cansativa para todos. Para minimizar a pressão nos ouvidos, especialmente durante a descolagem e a aterragem, incentiva as crianças a mastigarem uma goma ou a beberem líquidos. Além disso, é importante verificar antecipadamente as políticas das companhias aéreas em relação à bagagem de mão infantil, refeições especiais e a possibilidade de reservar assentos com mais espaço para as pernas.

Verifica também a disponibilidade de berços a bordo, muitas companhias aéreas tem ao dispor esta característica que pode ser reservada com antecedência.

A arte de fazer as malas

Fazer as malas para viajar com crianças não tem de ser um pesadelo. Começa por fazer uma lista com todos os itens essenciais duas semana antes da partida. Inclui roupas adaptadas ao clima do destino, medicamentos básicos, snacks, brinquedos favoritos e equipamentos como carrinhos (se necessário). Ao fazeres a mala usa sacos de vácuo para poupares espaço e separa as roupas por dia em sacos individuais, marcados com os nomes das crianças. Não te esqueças de levar uma muda de roupa na bagagem de mão para eventuais acidentes. Lembra-te de preparar uma mochila pequena para cada criança com os seus brinquedos favoritos, como um urso de peluche ou uma mantinha, que pode ser facilmente acessível durante a viagem.

Documentos sempre à mão

Viajar com crianças requer atenção especial à documentação. Mantém todos os documentos importantes, como passaportes, cartões de identificação e seguros de viagem, num porta-documentos resistente e fácil de teres à mão. É uma boa ideia também ter cópias digitais de todos os documentos armazenados na drive do teu telemóvel ou enviados para o teu e-mail. Para viagens internacionais, verifica se são necessárias autorizações especiais para crianças que viajam com um único progenitor ou sem os pais. Além disso, mantém à mão os registos médicos dos miúdos, especialmente se viajarem com condições que possam requerer atenção especial, como alergias ou prescrições médicas.

Kit de sobrevivência para viagens

Preparar um kit de sobrevivência é crucial – é que nem penso duas vezes. Este kit deve incluir, além dos primeiros socorros básicos, snacks saudáveis e água. Dependendo da idade, fraldas extra, um muda-fraldas portátil, toalhitas, refeições “on the go” e sacos para o lixo são essenciais. Para viagens mais longas, coloca neste kit tudo o que possa ajudar a gerir o mal-estar em viagens, como pulseiras anti-náusea para crianças e medicamentos para enjoo, aprovados pelo pediatra. Este kit não apenas facilita a gestão de pequenos imprevistos, como também assegura que tenhas recursos à mão para manter as crianças confortáveis e entretidas durante a viagem.

Dicas para viajar com crianças

Entretenimento

Não subestimes o poder de um bom arsenal de entretenimento quando viajas com crianças. Além dos eletrônicos carregados com filmes e jogos, leva contigo, sempre que possível, uma variedade de brinquedos que não dependem de baterias ou conexão à internet. Livros de colorir, adesivos e blocos de notas são ótimos para estimular a criatividade e manter as mãos pequenas ocupadas durante a viagem. Considera também levar jogos de tabuleiro compactos e cartas para jogos em família.

Se preferes viajar sem tralha, e forem fazer uma viagem de carro, imprime uma folha com desenhos de carros e pede-lhes que assinalem o número de carros azuis que veem na janela, por exemplo, ou casas amarelas, animais, e por aí fora. Isto vai mantê-los entretidos durante algum tempo.

Escolha do alojamento

Escolher o local certo para irem de férias faz mesmo diferença ao viajar com crianças. Verifica se o hotel ou o apartamento de férias é adequado para receber crianças, e tem ao vosso dispor berço, parque infantil e, idealmente, uma piscina com área para os mais pequenos. Alguns alojamentos oferecem também menus infantis e atividades programadas para crianças, permitindo que os adultos tenham algum tempo para relaxar (para nós é obrigatório!)

Antes de reservares, pesquisa comentários de outros viajantes com crianças para teres uma ideia melhor de quão “kids friendly” e adequado é o espaço. Considera alugar em vez de um hotel, um apartamento ou uma casa de férias, onde podes ter acesso a uma cozinha. Isto não só te ajuda a controlar a alimentação dos miúdos, mas também economizas em refeições fora, o que é essencial quando se viaja com crianças.

Segurança em primeiro lugar

Utiliza pulseiras de identificação nas crianças, especialmente em lugares movimentados como aeroportos ou grandes atrações turísticas. Estas pulseiras devem incluir o primeiro nome da criança, o teu número de telefone e qualquer informação relevante sobre saúde ou alergias. Além disso, ensina às crianças algumas regras básicas de segurança, como nunca se afastarem dos pais sem permissão e o que fazer caso se percam. Leva sempre contigo um kit de primeiros socorros bem equipado, que deve incluir não apenas curativos e antissépticos, mas também medicamentos para febre, dor e alergias comuns, sempre de acordo com as recomendações do pediatra.

viajar com crianças pequenas: truques e dicas

Utilização de aplicações de localização em tempo real

E já que falámos em segurança, quando fores de férias, considera usar aplicações de localização em tempo real para manter um registo da localização dos mais novos. Isto é particularmente útil em destinos movimentados como parques temáticos, cidades grandes ou durante atividades ao ar livre, como caminhadas em parques nacionais. Apps como o Find My Friends ou o Google Family Link permitem que mantenhas um olho na localização dos mais novos através do teu smartphone. Além disso, podes configurar alertas que te avisam se elas saírem de uma área pré-definida, proporcionando sempre um extra de segurança.

Itinerário flexível

Mantêm a flexibilidade no itinerário sempre que possível, até porque imprevistos acontecem (e vão acontecer). Todos sabemos que crianças cansadas ou irritadas requerem uma mudanças nos planos, e deves estar aberta a ajustes para prevenir esses stresses em viagem. Planeia atividades com algumas opções e não coloques demasiadas expectativas. Por exemplo, se planeias visitar um museu ou um parque temático, verifica se há áreas de descanso ou espaços onde as crianças possam relaxar e brincar se precisarem de uma pausa. Considera também as horas do dia em que os mais novos estão mais ativos ou precisam de descansar, e ajusta as atividades para que correspondam ao seu ritmo natural.

Hora de dormir consistente

Manter uma rotina de sono consistente é crucial ao viajar com crianças. Tenta replicar a rotina de dormir que têm em casa o máximo possível. Se a criança usa uma luz noturna ou ouve uma música específica antes de dormir, leva-os contigo. Se estiveres em fusos horários diferentes, adapta gradualmente o sono ao novo horário antes da viagem ou durante os primeiros dias. Isso pode incluir ajustar os horários das sestas e do sono noturno para facilitar a transição. Certifica-te de que o ambiente onde dormem é confortável, silencioso e escuro o suficiente para promover um sono reparador. Esta continuidade na rotina de dormir ajuda-as a ficar menos irritadas e mais adaptadas às mudanças que uma viagem implica.

Total
1
Partilhas
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigo Anterior
20 Ideias de Prendas para o Dia da Mãe

20 Ideias de Prendas para o Dia da Mãe

Próximo Artigo
Dry Brushing: O Segredo de Beleza Que Precisas Descobrir

Dry Brushing: O Segredo de Beleza Que Precisas Descobrir

Artigos Relacionados
Total
1
Partilha